Agora são exatamente: horas e minutos. Olá, caro amigo! Seja bem vindo, boa leitura e volte sempre.
terça-feira, 26 de janeiro de 2016

O quarto 67 do Motel S.King


João estava atrás do volante de seu velho carro, parado em frente o "Motel Dunas do Amor", fazia algum tempo. Remoendo uma ideia. Lá fora o vento soprava forte e a chuva caia em baldes. Mas algo perturbava nosso herói: ele olhava uma porta a frente, como se esperasse alguém sair. Mas ele sabia que as pessoas lá dentro estavam bem ocupadas para sair naquele momento. Estendeu a mão para pegar algo que estava ao seu lado no banco do carona, sem olhar.

A bolsa preta preta de ginástica descansava ao seu lado quando João a pegou. Fez um pequeno ruido de objetos metálicos dentro dela. Não chegou a ser um ruido de reclamação, pois sabia que ia sair daquele velho carro poeirento, e adora passear com seu dono. Mas naquela noite sabia que tinha vindo por outro motivo além de um reles passeio.

Do lado de fora a noite, a chuva e o vento forte fizeram a bolsa ficar toda molhada rapidamente. Mas, depois de alguns passos rápidos, ele chegou ao limiar da porta. Nada pode dar errado agora, disse João para si mesmo. Tinha planejado tudo fazia alguns meses. Esse era o momento certo. Era agora...

Pegou a maçanete e girou. A porta estava aberta. A única coisa que tentava impedi-lo de entrar era um aviso em vermelho onde estava escrito "Não perturbe, por favor ;-)". João entrou.
















Por Nilson.Nodes.
 
;