Agora são exatamente: horas e minutos. Olá, caro amigo! Seja bem vindo, boa leitura e volte sempre.
sábado, 7 de abril de 2018

Minha mente, meu maior inimigo.



Nada é aquilo que parece. Até o gramado mais verde, depois de um longo dia de sol, perde sua cor.

Minha mente é um ninho de vespas malvadas, que adoram me torturar vez ou outra, quando lhes convêm.

Outro dia ruim. Queria que dias ruins, como esse, nem existissem. Queria que eles sumissem.

Não há motivo para sorrir, quando não há luz para o iluminar e exibi-lo.





 
;